O queijo está mais caro no Paraná; saiba o motivo

22/06/2022
O queijo nosso de cada dia está mais caro.

O queijo nosso de cada dia está mais caro. O valor da muçarela, no Paraná, subiu 13,8%. Isso aconteceu porque o valor de referência do leite no Estado também subiu.

O valor de referência do leite no Estado teve reajuste de 3,4% em maio deste ano, R$ 0,07 a mais se comparado ao mês anterior. Os números são do Conseleite/Paraná. As informações foram divulgadas pela Faep (Federação da Agricultura do Estado do Paraná) e foram apresentadas, também, em uma reunião que ocorreu nesta terça-feira (21).

O encontro foi realizado de modo virtual e contou a participação de empresários e bovinocultores de leite de diversas regiões do Estado.

E a tendência é de que o preço continue subindo nos próximos meses. Em junho, a expectativa é de que o valor chegue a R$ 2,57. Quase R$ 0,30 a mais por litro, comparado a maio.

Na parcial de junho (período que vai do dia 2 ao dia 15), as maiores altas foram constatadas no leite UHT (16,2%), queijo muçarela (13,8%) e leite spot (13,1%). Requeijão (-1,2%) e doce de leite (-1,1%) foram os únicos que apresentaram redução.

Instabilidade 

O presidente da Comissão Técnica de Bovinocultores de Leite da FAEP, Ronei Volpi, lembrou que há meses o setor leiteiro vive uma instabilidade tanto no Brasil quanto em abrangência internacional. “Estamos vendo unidades de grandes empresas suspendendo parte das atividades por falta de matéria prima e isso é fruto do total desequilíbrio que estamos vivendo. Tivemos problemas climáticos, problemas na oferta e demanda, guerra na Ucrânia, inflação. O fato é que o mundo está virado de cabeça pra baixo e esperamos que ao fim desse tsunami possamos ter novamente um horizonte de serenidade”, projeta Volpi.

Fonte: Sou Agro/Faep.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seja o primeiro, faça seu comentário. ;)