Análise de solo pode diminuir uso de fertilizantes e melhorar produtividade

22/06/2022
Cascavel, Oeste do Paraná é a segunda cidade do estado a receber a Caravana Embrapa que está percorrendo o país para debater a questão dos fertilizantes.

 Cascavel, Oeste do Paraná é a segunda cidade do estado a receber a Caravana Embrapa que está percorrendo o país para debater a questão dos fertilizantes. A ideia principal é debater a crise provocada pela falta desses insumos e capacitar os participantes para incrementar as estratégias de racionalização no uso de insumos, estimulando a adoção de boas práticas de manejo das culturas.

César de Castro, é pesquisador na área de solos e nutrição de plantas da Embrapa e falou sobre a importância de debater a melhora de uso dos fertilizantes: “Tentar demonstrar quais são as principais tecnologias que podem fazer com que se use de forma mais eficiente o fertilizante. Mas a caravana está trazendo não só isso, tem um conjunto de palestras e de outros assuntos para tentar demonstrar o quanto que a Embrapa está integrada nesse processo de melhora do uso de fertilizante. Não só do uso, mas das tecnologias que estão envolvidas, inclusive novos fertilizantes”, detalhou César.

O uso correto do solo pode resultar em um menor uso dos fertilizantes e até mesmo garantir mais produtividade nas lavouras: “São dois estudos aqui para tentar demonstrar que através das ferramentas relativamente simples, outras mais complexas, mas, por exemplo, a análise do solo, ele pode ter a noção de quanto de nutriente já tem no solo e talvez até deixar de adubar ou reduzir a dose sem afetar a produtividade. É fator fundamental, sem análise do solo, não tem como adivinhar. Realmente seria muito difícil alguém fazer uma uma recomendação de adubação sem saber quanto que tem no solo. Outro é usar pouco fertilizante que está caro, usar de forma mais parcimoniosa, aplicar no momento certo, na dose certa, na época certa que o uso desse fertilizante seja o mais eficiente possível.”, detalhou César.

Isso quer dizer que aquilo que se fala muito sobre: quanto mais adubo, mais produtividade não é válido: “Não, não é verdade, existe um limite para planta crescer e o que limita muito mais a planta é a água que nós estamos fazendo como água e clima são fatores imponderáveis, é fazer com que o segundo fator que mais aumenta a produtividade que é fertilizante que está caro, para quem tem ele, use de forma mais racional, não use muitas vezes a dose que se necessita. Então  nós estamos tentando demonstrar bem isso, é o uso eficiente do fertilizante”, explicou César.

A CARAVANA 

A Caravana Embrapa FertBrasil iniciada, em maio, em Mato Grosso do Sul e São Paulo está compartilhando informações e conhecimentos com profissionais que atuam na assistência técnica e extensão rural, sindicatos e associações rurais, e produtores. A expectativa é atingir cerca de 10 mil profissionais, tornando-os multiplicadores das técnicas e orientações repassadas pela equipe da Embrapa e de instituições parceiras que integrarão a Caravana.

A Caravana já passou por Guarapuava e Cascavel e agora vai estar em mais duas cidades e os interessados podem se inscrever gratuitamente.

Links para inscrição em todas as cidades que a caravana vai passar

Serviço: Caravana Embrapa FertBrasil – Londrina (PR) Local: Parque Governador Ney Braga – Recinto Milton Alcover – Avenida Tiradentes, nº 6275 Data: 23/06 Horário: 8h às 12h30 Inscrição gratuita: http://lp-cnpso.comunica.embrapa.br/caravana-fertbrasil-23-06-londrina-pr Serviço: Caravana Embrapa FertBrasil – Ponta Grossa (PR) Local: Centro de Eventos Bourbon Hotel – Rua Jacob Holzmann, n° 219, Bairro Olarias Data: 24/06 Horário: 8h às 12h30 Inscrição gratuita: http://lp-cnpso.comunica.embrapa.br/caravana-fertbrasil-24-06-ponta-grossa-pr Mais informações: www.embrapa.br/caravana-embrapa

Fonte: Sou Agro.

Foto: Envato.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seja o primeiro, faça seu comentário. ;)