DÓLAR BAIXO: reflete na economia do Paraguai ,que espera movimento alto no 'feriadão'

11/04/2022
A queda na cotação do Dólar frente ao Real já reflete na economia do centro comercial de Ciudad del Este e outras cidades do Paraguai na fronteira com o Brasil. Em março houve acréscimo de 36,2% na arrecadação do Regime de Turismo, tributação especial aos produtos importados e revendidos tendo como referência a moeda estadunidense. O setor espera movimento alto na Semana Santa e vai receber com ações de boas-vindas os turistas que estiverem em Foz do Iguaçu no feriado.

A queda na cotação do Dólar frente ao Real já reflete na economia do centro comercial de Ciudad del Este e outras cidades do Paraguai na fronteira com o Brasil. Em março houve acréscimo de 36,2% na arrecadação do Regime de Turismo, tributação especial aos produtos importados e revendidos tendo como referência a moeda estadunidense. O setor espera movimento alto na Semana Santa e vai receber com ações de boas-vindas os turistas que estiverem em Foz do Iguaçu no feriado.
O Regime de Turismo foi criado a partir de propostas do setor comercial de Ciudad del Este, como alternativa para aquecer a economia local frente a concorrência das lojas francas de Foz do Iguaçu. O portal La Clave trouxe números do sistema tributário no último mês, divulgados esta semana pela Direção Nacional das Aduanas (DNA).
O aumento de 36,2% está no comparativo dos dados de março do ano passado, com arrecadação de G$ 71,7 bilhões, ante os G$ 97,3 bilhões no mesmo período este ano - aproximadamente R$ 49,7 milhões e R$ 67,3 milhões, respectivamente. O balanço mostra que os principais itens importados são eletrônicos, acessórios e confecções, com origem em países como China, Taiwan e Coreia do Sul.
O relatório revela ainda que houve um acréscimo de 41% na tonelagem das mercadorias adquiridas pelos importadores locais. As renovações dos estoques, ressalta a imprensa do Paraguai, foram motivadas pela queda na cotação da moeda dos EUA ante o Real. 
Para o feriadão da Semana Santa, de 14 a 17 de abril (quinta-feira a domingo, respectivamente), o setor comercial acredita que o dia de maior movimento será no sábado (16). Não estão descartados os tradicionais congestionamentos na travessia da Ponte da Amizade de Foz do Iguaçu, em direção à Ciudad del Este.

Bom Anfitrião
Os turistas que decidirem irem às compras no lado paraguaio da Tríplice Fronteira (incluindo a Argentina), serão recepcionados com boas vindas culturais. É a campanha Bom Anfitrião, da Secretaria Nacional de Turismo (Senatur), programada do dia 13 a 17 de abril (quarta-feira a domingo, respectivamente).
Além de causar uma boa impressão nos compristas, a iniciativa busca valorizar a cultura local incluindo danças típicas e degustação de chipa. A iniciativa existe desde 2015. No próximo domingo (10), voluntários farão trabalhos de limpeza e manutenção no espaço entre a ponte e a entrada do país, visando as apresentações no local.


Da Redação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seja o primeiro, faça seu comentário. ;)