Huop é selecionado pelo Ministério da Saúde para participar de projeto Saúde em Nossas Mãos

21/10/2021
O projeto tem duração de dois anos

O Hospital Universitário do Oeste do Paraná (Huop) foi selecionado pelo Ministério da Saúde para participar do projeto “Saúde em Nossas Mãos”. O objetivo é estudar medidas que auxiliem na prevenção de infecções, e assim, melhorar a segurança do paciente. “Todas as práticas que aderidas dentro da unidade são baseadas na realidade do hospital, e portanto, os orientadores conhecem a nossa rotina, verificam como é o trabalho, para então estudarmos juntos as possíveis mudanças e na sequência colocá-las em prática fazendo testes em pequenas escalas”, ressalta a enfermeira líder do projeto, Kelen Cristina.

O projeto tem duração de dois anos, e no Huop, o estudo será realizado na Unidade de Terapia Intensiva Adulto. “O objetivo é reduzir em 30% as infecções relacionadas à assistência à saúde, e para isso, três pontos principais são avaliados: infecções relacionadas ao uso de cateter venoso, ao uso de sondas vesicais e uso de ventilação mecânica”, explica Kelen.

Ainda de acordo com a enfermeira, todos os profissionais da unidade se envolvem no projeto. “São várias ações que podem ser feitas para reduzir as infecções e para isso, todos os profissionais de todas as especialidades dentro de uma unidade de terapia intensiva avaliam juntos as possíveis fragilidades e possíveis mudanças que podem ser feitas. A mudança precisa ser intencional e frequente, e para isso, a equipe precisa ter condições de se adaptar a isso”, comenta Kelen.

Os treinamentos são realizados in loco pela equipe de Enfermagem e Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH). “É importante frisar que medidas para evitar infecção podem ajudar a reduzir o risco de mortalidade, assim como o tempo de internamento do paciente, então é essencial a troca de conhecimento entre as equipes, para que todos possam estudar juntos e garantir uma assistência segura e melhor ao paciente”, ressalta Kelen.

O projeto é realizado em hospitais de todo o país e no Paraná 13 instituições foram selecionadas para participar. Para orientar, cinco hospitais atuam de forma colaborativa, e no Huop, o hospital que atua como orientador é o Hospital Moinhos de Vento. “É um projeto de grande visibilidade e estar inserido e ver a equipe envolvida e empolgada em estar aprendendo mais nos deixa motivados. Nosso objetivo é melhorar os índices, melhorar o nível de cuidado ao paciente, e claro, com os resultados na UTI sendo positivos, a equipe também será incumbida de repassar esse conhecimento”, finaliza a diretora de Enfermagem, Sara Treccossi.

Fonte/ Foto: CGN.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seja o primeiro, faça seu comentário. ;)