Aline Okumura Shiroiwa

05/06/2020
Empreendedora brasileira realiza 9ª Edição do Congresso Internacional de Confeiteiros no Japão

Sonhos, conquistas, objetivos, novos caminhos, assim como muitos brasileiros chegam no Japão em busca de uma mudança de vida para a família, não foi diferente com a brasileira Aline Okumura Shiroiwa, de São José do Rio Preto/ SP. Quando seu pai foi ao Japão em 1993, Aline ficou no Brasil para concluir os estudos, trabalhou numa loja de informática como secretária, e depois passou para a área de vendas. Com 19 anos, foi visitar a família no Japão, e para uma menina nessa idade percebeu que conseguiria a sua independência financeira trabalhando lá.

Com essa decisão, sua vida mudou, e em 2003 conheceu o seu marido Ronaldo Shiroiwa, e tiveram duas filhas Gabriela (15) e Rafaela (11). Quando a sua filha Gabriela, com 6 meses, começou a passar mal, então descobriram que ela tinha intolerância a glúten, e com a imunidade muito baixa, Aline não pode voltar ao trabalho e precisou se reinventar, buscando novos caminhos, e com a indicação de amigos, começou a fazer doces, e sobremesas para colocar nos restaurantes de brasileiros.

Assim começou uma rede de contatos, naquela época através do Orkut, divulgava os seus produtos e fazia entregas dos seus doces, bolachas, bolos, tortas e salgados, acompanhando as datas comemorativas do Brasil, como Dia das Mães, Dia dos Namorados, Páscoa, e Natal, atendia pedidos de brasileiros no Japão todo, e que faziam muito sucesso. Com seu trabalho, dedicação e determinação, seus pedidos aumentavam a cada dia e em conquistou a sua casa própria, em 2007 onde funciona o seu Atelier.

No ano de 2014 conseguiu formalizar a sua empresa para poder atender melhor os seus clientes, seguindo todas as normas da Vigilância Sanitária no Japão. Mas Aline sempre em busca de conhecimento, já realizou vários cursos inclusive no famoso Instituto Le Cordon Bleu com sede em Tóquio. Além de outros cursos como o de Cake Flowers com uma confeiteira conceituada da Coreia, com planos para ingressar na faculdade de Gastronomia.

Sempre buscando atualizar-se fez cursos de Mídias Sociais, e Marketing Digital, para entender as métricas, e utilizar melhor as ferramentas digitais para o crescimento do seu negócio. Além dos cursos presenciais que ela ministra 2 vezes ao mês, desde o ano de 2018.

Aline quer levar o seu conhecimento às pessoas, agregando valor a vida delas, valorizando desde os pequenos confeiteiros, à profissionais da área. Assim em 2017 teve a ideia de realizar o 1º Congresso Internacional Online de Confeiteiros, que alcançou 2.000.000 pessoas nas mídias sociais, com workshops online gratuitos, e participação de 15 confeiteiros. O sucesso foi tanto, que este ano está realizando a 9ª Edição do Top Class Congresso Internacional Online de Confeitaria, com mais de 110 lives, com 110 confeiteiros, durante 30 dias, com entrega de certificados e troféus para os ganhadores, transformando a vida de muitas pessoas.

Aline é uma mulher empreendedora, disse que, “O Congresso não visa retorno financeiro, mas o importante é o legado que estou deixando, e compreendi o meu propósito de vida", depois de participar de uma imersão em Tóquio, em 2018, com os empresários Robison Shiba, dono de uma rede de Franquias de alimentos, e Camila Farani, os dois participantes do programa Shark Tank. Com planos para o futuro, já recebeu convites para dar cursos na Itália, Portugal, e Brasil, “não tenho medo da concorrência, eu quero ter ao meu lado, pessoas iguais ou melhores que eu, para não me acomodar, e estar sempre me aperfeiçoando, porque eu quero ser hoje melhor do que ontem”, conclui Aline.

 

Por Julia Inomata

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seja o primeiro, faça seu comentário. ;)