Caminhoneiros protestam na fronteira contra nova restrição da Argentina

14/04/2021
Um novo teste para Covid-19 passou a ser exigido dos caminhoneiros brasileiros para entrar no vizinho país.

Caminhoneiros brasileiros iniciaram nesta quarta-feira (14) um protesto em cima da Ponte Tancredo Neves, na fronteira entre Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú, na Argentina, em razão, segundo os motoristas de veículos de cargas pesadas, de um novo teste negativo de Covid-19, exigido pelas autoridades argentinas, com prazo de até 72 horas da coleta.

Fechada desde março de 2020, a fronteira da Argentina com o Brasil só é permitida passa caminhões com cargas, ficando restrito o acesso a outros veículos e pedestres de outras nacionalidades. Após um novo aumento do número de casos e o surgimento de uma variante da doença, o acesso de brasileiros ao vizinho país ficou ainda mais restrito.

Durante o protesto, os caminhoneiros brasileiros prometem não permitir a passagem de nenhum caminhão, tanto para a Argentina, como a entrada no Brasil, enquanto as autoridades argentinas não recuarem nesse pedido  e nessa exigência do novo texte de Covid-19.

Foto: Divulgação

(Portal da Cidade)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seja o primeiro, faça seu comentário. ;)