Empresária Destaque: Cláudia da Silva Frantiozi

01/04/2020
Empreendedora e inovadora, ela montou o primeiro coworking de Cascavel

Networking, essa é a palavra do momento no mundo dos negócios, e disso ela entende muito bem. Cláudia da Silva Frantiozi,  empresária e empreendedora, que fez de sua grande habilidade um negócio inovador.
Ela sempre gostou de indicar profissionais, e acredita que é uma ponte para novos negócios. Ela é proprietária do Cais Coworking, o primeiro coworking de Cascavel. Um novo conceito de trabalho, um espaço onde profissionais de diversos setores, empreendedores, Startups, e empresas individuais,compartilham do mesmo espaço, trocando experiências, fazendo parcerias, fortalecendo o seu negócio, ampliando a sua rede de contatos.


Cláudia conta que, “a ideia em dividir despesas compartilhando espaços começou com a minha necessidade em reduzir custos e sair do Home Office”. Foi assim que Cláudia decidiu abrir em 2012, o Cais Coworking, com o apoio do marido Paulo Cezar Frantiozi, que adquiriu um imóvel que ela foi locatária, onde começou numa sala de 120m², mas devido a grande aceitação e procura pelos espaços, teve que passar
por uma ampliação, e atualmente está com 716m², na rua Paraná, 5906, Bairro Coqueiral, na cidade de Cascavel.

Hoje em dia seus dois filhos, Bruno (19) e Otávio (11), aderiram a essa ideia inovadora, e curtem muito este conceito. A maior dificuldade no início,foi a de validar o negócio, por ser um conceito novo no Brasil, e o primeiro em Cascavel, sendo necessário moldar a cultura cascavelense, torná-lo uma necessidade aos empreendedores, e mostrar a real viabilidade quando se fala em inovação, tecnologia, posicionamento de marca, validação de projetos ou serviços, e principalmente pela redução de custos.“Precisei de persistência, uma das habilidades empreendedoras mais importantes em um novo investimento”, segundo ela, “buscar conhecimento dentro e fora do país, e torcer para chegar a concorrência, foi o que ajudou a validar o negócio em Cascavel e aumentar a demanda de interessados. Fui validando meus produtos através de muita consultoria, eventos, gratificações e networking”.
Formada em Administração com ênfase em Marketing, além de ter formação em PNL - Programação Neurolinguística, Reiki, e Método CIS Paulo Vieira. Com o apoio do SEBRAE, através das consultorias, ampliou o seu conhecimento em gestão de coworking, e validou o seu negócio abrindo uma concessão de uso da marca na cidade de Toledo, e que está sendo um sucesso. Cláudia está feliz com uma marca consolidada, de confiança e experiências suficientes para permanecerem atuantes no mercado. Está em constante busca pela inovação, e com sua ousadia quer impactar pessoas e empresas. Uma empresária que acredita que só acrescentamos se praticamos a empatia, e ela faz a diferença na vida das pessoas, com o seu projeto social, como Presidente da Associação Casa Dona Vani, uma casa que recebe gratuitamente o acompanhante de doentes carentes para tratamento médico e hospitalar.


“Minha expectativa é que os espaços de coworking possam realmente ser um porto seguro aos que atracam, que eles possam de fato ser parceiros, que possam concorrer e não competir, como dizia um amigo... Que o mundo perceba o real valor do ser humano que acontece dentro de um ambiente de coworking, claro um ambiente que realmente faz a diferença para o empreendedor e ser humano”, conclui Cláudia
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seja o primeiro, faça seu comentário. ;)