Com gol 'à la Morínigo', Coritiba vence o campeão da Libertadores e encerra jejum

17/02/2021
O resultado da partida não mudou a vida dos clubes na competição.

O Coritiba venceu por 1 a 0 o Palmeiras, nessa quarta-feira (dia 17) à noite, no Couto Pereira, em partida adiada da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo deveria ter ocorrido na semana passada, mas acabou postergado devido à participação do clube paulista no Mundial de Clubes, no Catar.

O resultado da partida não mudou a vida dos clubes na competição. O Palmeiras já estava classificado para a Copa Libertadores 2021 por ter sido campeão da edição 2020 da competição continental. No Brasileirão, não tem mais chances de título. O Coritiba já estava rebaixado e entrou em campo apenas para cumprir tabela.

JEJUM
O Coritiba não vencia em casa desde 31 de outubro, quando bateu o Atlético-GO por 1 a 0. Depois daquela partida, foram quatro empates e quatro derrotas no Couto Pereira, além da vitória dessa quarta-feira.

A LA MORÍNIGO
Os chutes de fora da área viraram a marca registrada do time paranaense desde a chegada do técnico Gustavo Morínigo. Com ele, a equipe já marcou 4 gols dessa distância em 7 partidas. Antes, foram 3 gols de fora da área em 29. No total da competição, o Coxa é o quarto time com mais gols dessa distância, com 7.

ESCALAÇÃO
As baixas no Coxa eram Galdezani e Cerutti, em recuperação. Wilson, Nathan Ribeiro, Natanael e Rafinha vão integrar o grupo focado em 2021, já não atuaram contra o Palmeiras e não vão jogar mais no Brasileirão 2020. O esquema tático era o 4-1-4-1, com Hugo Moura como único volante. A linha de quatro do meio-campo tinha Mattheus Oliveira e Matheus Bueno (centralizados), além de Neilton e Robson pelos lados do campo. O Palmeiras não tinha Emerson Santos e Zé Rafael, em recuperação.

PRIMEIRO TEMPO
O primeiro tempo foi equilibrado. O Coritiba conseguiu marcar forte e anular as principais jogadas do adversário. Com a bola, levou algum perigo em três jogadas individuais de Robson. O Palmeiras só conseguiu incomodar em um lance individual de Scarpa e em um chute de fora da área de Gabriel Menino.

SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo, o jogo recomeçou truncado, com poucas jogadas ofensivas. Aos 12, três substituições no Coritiba, com as entradas do ponta Osman, do meia Sarrafiore e do volante Nathan Silva. Aos 17, Kuscevic deu um soco em Osman e acabou expulso. O Palmeiras ficou com um jogador a menos, mas melhorou no jogo. O Coritiba não conseguiu controlar a partida e passou a sofrer pressão do adversário. No entanto, chegou ao gol aos 42, em boa jogada de Neilton e Guilherme Biro para Jonathan, que acertou belo chute de fora da área.

ESTATÍSTICAS
Ao fim do jogo, o Coritiba somou 13 finalizações (4 certas), 47% de posse de bola, 82% de acerto nos passes e 5 escanteios. O Palmeiras obteve 15 finalizações (4 certas), 53% de posse de bola, 83% de acerto passes e 4 escanteios. Os números são do site Sofascore.

Foto: Valquir Aureliano

(Bem Paraná)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seja o primeiro, faça seu comentário. ;)