Cataratas do Iguaçu fechou mês de janeiro com mais de 101 mil visitas

02/02/2021
A visitação nas Cataratas do Iguaçu ainda está longe dos números de antes da pandemia, mas segue em recuperação

As Cataratas do Iguaçu, que no domingo (31 de janeiro) completaram 479 anos após ser avistadas pelo desbravador espanhol Álvar Núñez Cabeza de Vaca, fecharam o primeiro mês de 2021 com mais de 101 mil visitantes. O resultado é a somatória dos acessos pelos dois portões do atrativo compartilhado por Brasil e Argentina. O Marco das 3 Fronteiras, próximo ao ponto onde se encontram os três países, recebeu 29,8 mil turistas no período.

O lado brasileiro do atrativo dentro do Parque Nacional do Iguaçu recebeu, de 1º a 31 de janeiro deste ano, 75.138 visitantes. O desempenho, no comparativo dos números da Cataratas do Iguaçu SA, é 69% menor frente aos 245.934 acessos registrados no mesmo período em 2020 (diferença de 170.796 acessos).

Os brasileiros respondem pela maioria das visitas às Cataratas do país. No período, foram 69.252 turistas de todos os estados do país, mais o Distrito Federal. O Paraná é o principal emissor de turistas em janeiro, com mais de 29 mil ingressos. Em segundo aparece São Paulo com 16,3 mil, seguido de Santa Catarina com 5,8 mil, Rio de Janeiro com 2,9 mil, Rio Grande do Sul com 2,7 mil e Minas Gerais com 2 mil acessos.

Um dos destaques da visitação em janeiro foi a expressiva presenta de moradores de outros países. No período, foram computados 5.886 acessos de visitantes de outros países, índice que poderá subir nos próximos meses com a autorização, concedida pelo Ministério do Turismo, para estrangeiros ingressarem em Foz do Iguaçu apresentando certificado de vacinação contra o novo Coronavírus (Covid-19).

Iguazú

O lado argentino das Cataratas fechou janeiro com mais de 26 mil visitantes, segundo o presidente do Iturem (órgão de gestão do turismo de Puerto Iguazú), Leopoldo Lucas. “Embora se esperasse um avanço maior, é um começo e agradecemos aos turistas que nos escolheram e nos visitaram”, disse ele ao LaVozDeCataratas.

De acordo com Leopoldo Lucas, depois do turismo zero dos últimos meses de 2020, terminar janeiro com um saldo gradual e positivo mostra o retorno da atividade no destino. Ele lembrou ainda que isso foi possível a partir de 19 de dezembro do ano passado, com a abertura do turismo nacional e do Parque Nacional do Iguaçu.

Três Fronteiras

O complexo turístico do Marco das 3 Fronteiras recebeu, em janeiro deste ano, 29.814 visitantes, aproximadamente 54% do total registrado no mesmo período de 2020, com 65.120 acessos (diferença de 35.306). Os brasileiros respondem pela maioria dos acessos ao atrativo, com 29.196.

Por estado, o Paraná foi o principal emissor, com 17,4 mil turistas, seguido de São Paulo com 7,9 mil, Rio de Janeiro com 748 e Santa Catarina com 644 visitantes. O atrativo recebeu ainda, no período, 618 visitantes estrangeiros.

Itaipu

O Circuito Turístico da Itaipu Binacional também fechou o mês de janeiro com números expressivos em época de pandemia. De acordo com o Parque Tecnológico Itaipu (PTI), os atrativos receberam no período 32.343 visitantes, índice 65% menor que janeiro de 2020, quando 91.735 foram ao conjunto de atrativos.

A Itaipu Panorâmica teve a maior procura no período, com 24.109 visitas, seguido do Ecomuseu com 4.182 acessos e o Refúgio Biológico com 3.433 turistas. Os demais atrativos permanecem fechados para evitar a propagação da Covid-19.

Foto: Nilton Rolim/Cataratas

(GDia)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seja o primeiro, faça seu comentário. ;)